Publicado em 2 comentários

Copa do Mundo de 1998

França Campeã Copa do Mundo 1998

A primeira Copa do Mundo que eu me lembro foi a Copa na França em 1998, eu tinha 7 anos e certamente não me lembro de todos os jogos, (pois naquela idade eu ainda não ligava tanto para futebol, preferia vídeo game), mas alguns jogos ficaram na memória e também um ídolo no futebol, que na época eu detestava, e que hoje, na minha opinião, foi o melhor jogador que eu vi jogar: Zinedine Zidane.

Mascote Copa 1998O primeiro jogo daquela Copa que eu tenho na memória foi justamente o jogo de abertura da Copa naquele ano.

Brasil, atual campeão, enfrentaria a Escócia, e esse jogo eu assisti junto ao meu pai, o 1º gol da partida foi marcado pelo ex-volante e atual dirigente, César Sampaio (como jogava!), de cabeça, logo no começo, mas depois a Escócia empatou de pênalti.

O gol seguinte eu guardaria na memória, pois quem marcaria o gol seria o meu jogador preferido da Seleção, Cafu. Tudo bem, o gol foi contra, do defensor Tom Boyd, mas pra mim na época o gol foi do Cafu, e eu não entendia, na época, porque não deram o gol pra ele, eu era fã (e ainda sou) do Cafu, e esse gol ficou na minha memória como sendo gol do Cafu, pois eu gostava tanto do Cafu que não queria saber se foi contra ou não, ele saiu comemorando, deu cambalhota, pra mim tinha sido dele.

Tanto é que, agora, quando eu fui pesquisar pra ver o gol, fiquei surpreso que não foi do Cafu, foi aí que eu lembrei que tinha sido contra. Acontece.

Pôster Copa 1998Eu lembro também do jogo contra o Chile, na verdade, eu lembro que o Brasil jogou com o Chile, não lembro nada do jogo, hoje eu sei que foi 4×1 para o Brasil, 2 gols de César Sampaio e 2 gols do corintiano Ronaldo.

Naquele dia, eu estava mais preocupado em brincar com meus primos (que estavam lá, pois meus tios foram em casa ver o jogo), passar de fase no jogo do Toy Story pra SNES e deixar meus primos assistindo minhas tentativas frustradas.

Mas isso não vem ao caso.

O que vem ao caso é a final daquela Copa, na véspera da final o craque da Seleção Brasileira e considerado o principal jogador, Ronaldo, sofreu uma convulsão que até hoje gera polêmica, com isso Zagallo teria escalado o animal Edmundo para jogar em seu lugar, só que na hora do jogo, quem entrou em campo foi ele mesmo, Ronaldo, e o Brasil estaria pronto para enfrentar a França, ou não.

Logo no começo do jogo, Zidane já mostrava o seu talento fazendo jogadas com habilidade e tranquilidade que ele tinha de sobra.

O Brasil até tentou criar algumas chances obrigando o bom goleiro Barthez a fazer belas defesas, porém, após uma graça de Roberto Carlos que originou o escanteio francês, Zidane marcava de cabeça.

Após isso, já poderiam dar o título para a França, pois o que se viu após isso, foi uma Seleção Brasileira desesperada e intranquila, e antes do juiz apitar o final do primeiro tempo, a França faria outro gol, novamente de um cruzamento de escanteio, novamente de cabeça, novamente de Zidane. Um replay do 1º gol, só que do outro lado.

No segundo tempo, o Brasil continuou apático, quando conseguia algo ou parava nas mãos de Barthez ou na trave.

Um lance que me chamou a atenção, foi quando um jogador francês estava caído, Rivaldo colocou a bola fora e Edmundo deu piti, ele virou um animal de tanto que xingou o companheiro de equipe.

E, no final do jogo, ainda deu tempo da França marcar o 3º com Petit, e matar de vez o jogo e dar o título inédito para a equipe francesa.

Muito se falou depois que essa final foi armada, assim como a nova derrota para a França em 2006, mas eu não acredito nisso. Acredito que a França foi muito superior e o Brasil entrou de salto alto, temos que reconhecer a superioridade francesa na partida.

Abraço!

—————–