Publicado em 18 comentários

Fut Dog 2 – Corinthians x Palmeiras – Saiba tudo sobre o Clássico

Fut Dog

24 de Janeiro, o ano era 1915, um time fundado por imigrantes italianos, chamado Palestra Itália, entra em campo para a 1ª partida de sua história, com 5 jogadores emprestado pelo Corinthians (Fúlvio, Police, Bianco, Américo e Amílcar), o time palestrino venceu o Savóia por 2×0. O 1º gol marcado pelo Palestra foi marcado por Bianco, que depois da partida, jurou nunca mais vestir a camisa de outro clube que não fosse o Palestra Itália.

Talvez esse tenha sido o 1º contato entre Palmeiras e Corinthians, que sem sombra de dúvidas, se tornou um dos maiores clássicos mundiais, e é considerado por muitos, o maior clássico do Brasil. No ano passado, a CNN revelou os maiores clássicos do mundo e, Palmeiras x Corinthians, ficaram com a 9ª posição.

Nesse domingo, Corinthians e Palmeiras se enfrentam pelo Brasileirão, em 33 Derbys Paulista pelo Nacional, há um equilíbrio, o Timão venceu 10 vezes e marcou 31 vezes, já o Verdão venceu 11 vezes e marcou 41 gols.

No 1º encontro entre as 2 equipes, vitória Palestrina, 3×0, com 3 gols de Caetano. Esse jogo aconteceu no ano de 1917.

Em 1933, aconteceu a maior goleada na história do clássico, 8×0 para o ainda Palestra Itália. Com 4 gols de Romeu Pellicciari, 3 de Imparato e 1 de Gabardo, o Verdão aplicou a maior goleada da hístória do Derby Paulista. A goleada só não foi maior, porque o goleiro do Corinthians na época, Onça, fez ainda, 3 defesas milagrosas. Depois do jogo, Alfredo Schurig, presidente do Corinthians na época, renunciou ao cargo.

Em 1954, o Timão precisava de apenas um empate para se consagrar Campeão Paulista daquele ano com uma rodada de antecedência e o adversário era justamente o Palmeiras, que tinha que vencer o jogo, e torcer por um tropeço corinthiano na última rodada, mas o jogo acabou 1×1, com o Timão marcando com Luizinho e Nei fazendo o gol palmeirense. Com o empate, o Timão se sagrou campeão, no ano do 4º centenário da cidade de São Paulo.

O ano era 1971 e aquela partida seria conhecida como a virada histórica. O Palmeiras abriu 2×0, com 2 gols de César Maluco, mas no 2º o Corinthians empatou, depois do gol de Leivinha, Tião novamente empatou a partida para o Timão e, aos 43 minutos, Mirandinha faria o gol que daria a virada histórica ao Timão, com certeza um dos maiores jogos do Derby.

Veja como foi o jogão:

Vamos agora para 1974, decisão do Paulista daquele ano, o corinthiano tinha a certeza de que o time sairia da incomoda fila de 20 anos sem título, de quebra, tirar o título do maior rival, por isso, a fiel torcida corinthiana lotou o Morumbi, mais de 120.000 pessoas no estádio, a maioria esmagadora de corinthianos. Mas isso não foi o suficiente para bater a Academia Verde, 1×0, com gol de Ronaldo, que até hoje vive na memória do palmeirense mais velho. Ronaldo, o homem que calou o Morumbi.

Veja o vídeo:

1982, goleada corinthiana, surgimento de Casagrande, pagamento de aposta e a homologação de um apelido. Esses foram os ingredientes do clássico naquele ano. 5×1 para o Timão, com 3 gols de Casagrande, e de quebra, Luís Pereira perdeu uma aposta, e teve que dar uma volta Olímpica com a camisa do Todo Poderoso. Vale destacar que o jogo ficou paralisado alguns minutos, pois alguém soltou um porco em campo. Apelido que anos mais tarde foi aceito pela torcida palmeirense.

Vídeo do jogo:

12 de junho de 1993, Dia dos Namorados, para a torcida do Verdão, dia de casamento com o time, e que time!

A decisão do Paulistão daquele ano seria entre Palmeiras x Corinthians, no 1º jogo, vitória corinthiana, 1×0, gol de Viola com direito a imitação de porco.  Ao Palmeiras restava reverter o resultado, e pelo menos empatar na prorrogação, e o Palmeiras conseguiu em um jogo eletrizante, 3×0 no tempo normal, com gols de Zinho, Evair e Edílson, e na prorrogação, pênalti em cima do animal Edmundo, Evair com toda sua classe marcou, e fechou o placar em 4×0, e o Palmeiras saiu de uma fila de 17 anos sem títulos, mais do que um motivo para o torcedor palmeirense comemorar.

Vídeo dos gols da grande conquista alviverde:

Maio de 1999, quartas-de-finais da Libertadores da América, Palmeiras x Corinthians se enfrentam querendo passar para a próxima fase da competição e fazer continuar o sonho do inédito, até então, título da Libertadores. No 1º jogo, Palmeiras 2×0 Corinthians, no 2º, Corinthians 2 x 0 Palmeiras, resultados iguais, a decisão foi para os pênaltis, e surgia o goleiro que até hoje veste a camisa alviverde, nos pênaltis, Palmeiras 4 x 2 Corinthians, e o Palmeiras passa para a semi-final de um campeonato do qual seria o campeão.

Vídeo dos pênaltis:

Em junho de 1999, o Palmeiras havia ganho a inédita Libertadores, e logo em seguida teria outra decisão, o Paulista, contra o seu maior rival, o Corinthians, os jogadores do Palmeiras entraram em campo com o cabelo pintado de verde, para provocar o rival. A tarefa do Palmeiras era difícil, ainda mais quando Marcelinho abriu o Placar. 2 gols de Evair, viraram o jogo para o Alviverde, mas o Timão empataria com Edílson, que logo após o gol, começou a fazer as famosas embaixadinhas na beirada do campo, os jogadores do Palmeiras ficaram irritados e partiram para a agressão, foi uma confusão generalizada, que obrigou o árbitro a encerrar o jogo e dar o título ao Corinthians.

Vídeo dos gols e da briga:

Novamente Libertadores, dessa vez a de 2000. Depois de perder o 1º jogo, o Palmeiras precisava ganhar para, no mínimo, levar a decisão aos pênaltis, e o adversário era o Poderoso Corinthians, repleto de estrelas, e com um time teoricamente melhor que o do Verdão.

O jogo foi emocionante, aos 34 do 1º tempo, Euller abriu o marcador para o Alviverde, mas 4 minutos depois, Luizão empatou a partida. Aos 7 do 2º tempo, Edílson faz boa jogada e toca para Luizão virar para o Corinthians. Aos 14, Euller pela esquerda corre até a linha de fundo e cruza pra Alex, com categoria, empatar o jogo. Já aos 25, Alex cobra a falta e Galeano cabeceia para virar para o Verdão. O jogo acabou 3×2, e a decisão foi para os pênaltis, e no último pênalti, Marcelinho bateu, Marcos defendeu, e o Palmeiras iria para mais uma final de Libertadores.

Confira como foi:

Agora em 2009, Palmeiras e Corinthians pelo Paulistão, e toda uma expectativa para a volta do Fenômeno Ronaldo, o Palmeiras até fez o 1º gol, com Diego Souza, mas a partir do 2º tempo, com a entrada de Ronaldo, o jogo mudou, e já no fim da partida, cruzamento na área, Ronaldo de cabeça marca para alegrar a Nação Corinthiana comemorar como se fosse uma vitória, para o Palmeirense, ficou o empate com gostinho de derrota.

Relembre o gol do Fenômeno :

Nesse domingo, Palmeiras x Corinthians escrevem mais um capítulo na história desse Clássico que, com certeza, é um dos maiores do mundo, e muitos consideram o maior do Brasil. Alguém discorda dessa opinião?

download

Abraço a todos…

… e sucesso.

OBS¹: Cristian e André Santos não jogam o clássico, foram vendidos ao Fenerbahce, da Turquia.

OBS²: O novo técnico do Palmeiras, Muricy Ramalho, não assume a equipe contra o Corinthians, o time será comandado pelo interino Jorginho.